Conheça os grupos hackers mais perigosos do mundo

Tudo o que você precisa saber sobre os autores de alguns dos mais ousados ​​ataques cibernéticos Atualmente, ataques cibernéticos cada vez mais sofisticados são criados e aprimorados por grupos de hackers, geralmente usando ferramentas personalizadas direcionadas a pessoas, empresas e até países. Ousados ​​ataques cibernéticos fazem com que caixas eletrônicos nas ruas distribuam dinheiro de graça, por exemplo. As ações são geralmente realizadas por grupos dedicados que trabalham nas sombras dos estados onde são tolerados, encorajados ou até mesmo parte das ferramentas de inteligência dos próprios países. Muitas vezes misterioso, é só graças…

Leia Mais

Saiba quais são as 10 cidades brasileiras mais afetadas por hackers

Sâo Paulo lidera lista, com 36,03% dos dispositivos infectados no País O Brasil é o terceiro país com mais dispositivos afetados no mundo, segundo análise da Norton by Symantec. Entre as cidades brasileiras, São Paulo (36,3%), Rio de Janeiro (20,74%) e Curitiba (6,29%) concentram a maior parte das infecções. Confira a lista completa abaixo. Apenas em 2016, a empresa de cibersegurança identificou mais de 6,7 milhões de dispositivos que foram adicionados à rede global de botnets (redes de bots). Os bots (robôs) são dispositivos conectados à internet infectados com malware…

Leia Mais

Ataques de malware já afetaram 30% dos internautas brasileiros neste ano

Segundo a Kasperksy Lab, a cada hora, os usuários na América Latina estão sujeitos a 117.572 ataques de malware, ou sejam, 33 ataques por segundo Os ataques de malware cresceram 59% na América Latina nos primeiros oito meses deste ano, quando a Kaspersky Lab registrou mais de 677 milhões de ataques na região, número bem superior aos 398 milhões recebidos no mesmo período do ano passado. Segundo estimativas da empresa de segurança, os usuários latino-americanos estão sujeitos a nada menos do que 117 mil ataques de malware por hora, o…

Leia Mais

Ataque de hackers paralisa computadores da FGV-Rio

Rede de computadores foi paralisada para resolver o problema A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que foi vítima de um ataque de hackers na tarde de terça-feira (22/8). A sede afetada foi a do Rio de Janeiro, onde a rede de computadores foi paralisada. As informações são do site G1. De acordo com a entidade de ensino, não há um prazo para que o sistema seja normalizado. Entretanto, a instituição confirmou que está tomando todas as providências necessárias para resolver o problema. Ainda segundo o G1, a FGV-RJ não informou…

Leia Mais