Internet fixa registra 19.485 novos usuários em agosto

O serviço de internet banda larga fixa registrou nos últimos 12 meses um aumento de 5,51%, o que representa 1.461.075 usuários, de acordo com a Anatel

O serviço de internet banda larga fixa registrou nos últimos 12 meses um aumento de 5,51%, o que representa 1.461.075 usuários. Em agosto, houve um aumento de 19.485 usuários, 0,07% quando comparado ao mês de julho. Os dados foram divulgados na sexta-feira, 29, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Nos estados, nos últimos 12 meses, os maiores aumentos foram registrados no Rio Grande do Norte, com 51.200 novos clientes, um aumento de 19,08%; em seguida vem o Amapá, com 7.968 novos usuários, um incremento de 15%, e o Ceará, com um aumento de 14,34%, somando 86.581 novos clientes.

Em comparação com agosto do ano passado, a Claro Brasil apresentou aumento de 345.627 (4,13%) na sua base de assinantes. A operadora também lidera na comparação de agosto com julho, foram mais 68.934 assinantes (0,80%).

Em seguida aparece a Vivo, que registrou, nos últimos 12 meses, um aumento de 1,92%, com 143.346 novos clientes, e a TIM com mais 68.836 usuários (21,54%). Na comparação de agosto com julho, a Vivo apresentou um aumento de 0,26%, com 19.707 novos clientes, e a e TIM, de 2,61%, com 9.894 novos clientes.

A Oi apresentou um recuo de 0,17% nos últimos 12 meses, com sua base de assinantes passando de 6.396.934 para 6.386.326. O mesmo cenário se repete na comparação entre agosto e julho, quando houve uma diminuição de 0,7% no número de clientes, o que representa menos 45.176.

A empresa, que está entre as maiores prestadoras de serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga, TV por assinatura e uma das maiores provedoras de infraestrutura do setor de telecomunicações, passa por um processo de recuperação judicial. A tele acumula dívidas de R$ 65,4 bilhões em bônus, dívidas bancárias e responsabilidades operacionais.

Na quinta-feira, 2, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu adiar a reunião marcada para analisar a abertura de processo para cassar as concessões e autorizações da Oi para operar os serviços de telefonia fixa, celular, banda larga e TV por assinatura.

A decisão da agência reguladora foi comunicada por meio de nota e ocorre após a Justiça autorizar o adiamento da assembleia geral de credores, que avaliará o plano de recuperação da empresa. A Justiça acatou o pedido da Oi e postergou para o dia 23 de outubro a assembleia, inicialmente marcada para o dia 9.

Acesso

Apesar do aumento na base de assinantes, os dados mostram ainda que o acesso à banda larga fixa ainda está distante para a maioria da população. Dados de pesquisa elaborada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostram que, no país, pouco mais da metade dos brasileiros têm acesso à banda larga. A velocidade média é de 6,8 Mbps (megabits por segundo), abaixo da média mundial, que é de 7,2 Mbps.

Números do Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) mostram que 60% das residências brasileiras não têm internet com mais de 30 Mbps. Com mais de 10 Mbps, suficiente para assistir a vídeos, são 45% das casas brasileiras. *Com Agência Brasil.

Tiago S. Barbosa Ferreira

Tiago S. Barbosa Ferreira

Partiner em SorocabaTI
Atuando na Areá de infraestrutura e Suporte desde 2005.

Atualmente trabalho com Analise e Suporte, Infraestrutura de redes, Administração de Servidores e analise e levantamentos de requisitos para projetos de implantação e migração de ambientes!
Tiago S. Barbosa Ferreira

Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


*